Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Página Inicial / JMJ Agora
clipe-oficial-hino-jmj-2013
 
 
 


Audições reúnem artistas voluntários da JMJ

O final de semana foi de muita música e dança em preparação para a JMJ Rio2013. As novas audições com atores e dançarinos que se candidataram a participar da encenação da Via-Sacra, em Copacabana, em julho, aconteceram na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), na Zona Sul do Rio. Cerca de 100 voluntários, de várias idades, passaram por testes no sábado, dia 20, e no domingo, dia 21.

A voluntária Glória dos Santos, de 52 anos, conta que não teve dúvida em se candidatar. "Quando vi na Internet a abertura das inscrições, logo me candidatei, independente da idade e da coreografia que eu teria que fazer. Eu quero muito fazer parte da construção da JMJ.“

Durante a seleção, os candidatos tiveram uma conversa com o diretor artístico dos Atos Centrais, Ravel Cabral, e com a coreógrafa Janice Botelho. Cabral lembrou que será uma oportunidade dos voluntários dançarinos doarem seus talentos e fazerem parte de um grande evento, trocando experiências técnicas e artísticas. “Queremos fazer a JMJ mais memorável que já vivemos. A partir do que conhecemos de Jornada, queremos fazer algo melhor para que na outra Jornada também seja construído algo melhor a partir do que fizemos”, disse Cabral.

A partir da diversidade de gêneros da música e dança brasileiras, a equipe artística quer mostrar, com alegria e solenidade, a peculiaridade dos ritmos contemporâneos existentes no país. Segundo o diretor artístico, será a oportunidade de ver o jovem na riqueza de suas diferenças. “Vamos procurar não só criar a cena, mas fazer com que cada pessoa coloque nessa cena a própria verdade. Qual o olhar dela sobre essa cena, sobre determinada questão? Isso vai trazer uma beleza única para o evento. As surpresas serão muitas. Estamos abordando temas universais e tradicionais com originalidade e num caminho muito promissor”, afirmou.

Para a voluntária Tássia de Vasconcelos, de 28 anos, sua dança será uma oportunidade de mostrar o serviço a Deus com os dons que Ele a ofereceu. “É muito bom para treinar a nossa humildade e o nosso serviço num momento tão lindo com esse”, destacou.

Para a voluntária Rafaella Fátima, de 19 anos, a alegria de participar é resultado de um encontro com Deus. “Quando você tem esse encontro com Deus, você quer que todo mundo também tenha. Você quer que todo mundo veja Jesus agindo ali para saberem o que Jesus pode fazer com cada um”, declarou.

 
Página Inicial