Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Página Inicial / JMJ Agora
clipe-oficial-hino-jmj-2013
 
 
 


Jornada vai ter 273 lugares de catequese


Os locais serão chamados “sedes de Catequese” e estão organizados nas seguintes regiões: Jacarepaguá, Norte, Suburbano, Urbano, Sul, Leopoldina, Oeste, Nova Iguaçu, Niterói e Caxias.

Fonte: JMJ
07/06/2013

273 lugares para catequeses na JMJ Rio 2013

Igrejas, salões, ginásios, quadras e auditórios já estão reservados para os momentos de Catequese, durante a JMJ Rio2013. São 273 locais espalhados em 10 regiões do Rio de Janeiro, e dioceses vizinhas, chamadas subsedes, como Niterói, Nova Iguaçu e Duque de Caxias.

De acordo com o padre Leandro Lenin, diretor executivo do Setor Preparação Pastoral e Catequese, o número de locais pode crescer para 300, divulgados inicialmente pela organização, caso as inscrições de peregrinos aumentem nesta reta final da Jornada. “Os nossos jovens, respondendo ao pedido de inscrição, vão mostrar pra gente que eles estão querendo participar e a nossa postura é a de oferecer também catequese para eles. A gente quer que eles tenham participação neste momento da Jornada”, afirmou padre Leandro.


Veja o mapa por regiões (abre em nova janela)
Veja o mapa por idiomas (abre em nova janela)


Os locais serão chamados “sedes de Catequese” e estão organizados nas seguintes regiões: Jacarepaguá, Norte, Suburbano, Urbano, Sul, Leopoldina, Oeste, Nova Iguaçu, Niterói e Caxias. Uma paróquia pode ter mais de uma sede. E a mescla diferentes línguas em uma mesma paróquia tem por objetivo promover a diversidade cultural dos peregrinos e ajudar na distribuição dos participantes entre as sedes e paróquias.

Em todas as regiões haverá oferta de catequese em português e espanhol, línguas utilizadas pela maioria dos peregrinos. Serão 133 sedes em língua portuguesa e 50, em espanhol. As outras línguas principais do evento estarão distribuídas da seguinte forma: 25 locais para a catequese em inglês, 15 em italiano, 15 em francês, oito em alemão e cinco em polonês. Ao todo, haverá catequese em cerca de 20 idiomas, entre eles árabe, croata, dinamarquês, esloveno, grego, tcheco, russo. As regiões Sul, Urbano, Norte e Niterói terão maior concentração de locais para os peregrinos dessas línguas.  Segundo padre Leandro, isso facilita a assistência dos jovens estrangeiros aos seus consulados, caso haja necessidade.
 
Os peregrinos serão direcionados às catequeses próximas aos seus locais de hospedagem. Nos locais também haverá a distribuição dos kits de café da manhã para os peregrinos que optaram pela alimentação da JMJ na hora da inscrição.

As pessoas com deficiência terão uma Catequese especial, reunidos em um só local, o único com tradução simultânea para as sete línguas oficiais.


Curiosidades


Os locais que vão receber o maior número de peregrinos será a Catedral Metropolitana de São Sebastião, no centro do Rio de Janeiro, e um dos pavilhões do Riocentro, centro de convenções localizado no bairro de Jacarepaguá, ambos com capacidade para cinco mil peregrinos de língua portuguesa.

A região com maior número de sedes é a Oeste, com 49 locais, que receberá peregrinos de língua portuguesa e espanhola. A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, nesta mesma região, em Santa Cruz, é a que vai receber o maior número de sedes em sua região paroquial: nove. Outro dado curioso fica na região Sul. Apenas nos bairros do Recreio e da Barra, 10 línguas estarão presentes em diversas sedes de catequeses. “Será um Pentecostes”, aposta padre Leandro.



Obs: Os locais e línguas estão sujeitos a alterações.  

 

 
Página Inicial