Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Página Inicial / Notícias
clipe-oficial-hino-jmj-2013
 
 
 


Líderes de voluntários e famílias acolhedoras recebem orientações práticas na Região de Santana

Paróquias da região têm 6.300 vagas de hospedagem para peregrinos da Semana Missionária

Da Redação
24/06/2013

Voluntários lotam auditório da Cúria de Santana para receber orientações.

Cerca de 150 pessoas sentadas em cadeiras, no chão e em pé lotaram o auditório da Cúria da Região de Santana, na Zona Norte da capital, na noite da quarta-feira, 19 de junho, para receber orientações sobre o trabalho dos voluntários e das famílias acolhedoras de peregrinos na Semana Missionária da Arquidiocese de São Paulo. O encontro, que foi das 20h às 22h, reuniu padres e leigos das 63 paróquias da região.

A formação foi baseada nos textos dos Manuais Práticos de Voluntariado e Hospedagem da Semana Missionária, que foram entregues a todos os presentes. O responsável pelo setor de hospedagem em Santana, padre Gutemberg Souza, disse que a reunião foi para os líderes paroquiais, que deverão repassar as orientações nas comunidades.

Padre Gutemberg afirmou que o encontro deixou claro o desejo de todos oferecerem o melhor acolhimento possível aos peregrinos. "Isso é motivador. Às vezes, temos medo de acolher, mas a partir do momento que a gente se abre à força do Espírito, percebe que estará acolhendo a pessoa de Jesus em cada peregrino. Mesmo que ele não fale na nossa língua, esse peregrino não é estranho. É irmão na fé”. E acrescenta: “Teve uma pessoa que até já queria saber o nome do peregrino que ela vai receber, para personalizar uma sandália”.

O padre disse ainda que a Região de Santana atingiu a meta de 100 vagas de hospedagem por paróquia para acolhida dos peregrinos estrangeiros. “Podemos receber até 6.300 jovens”.

Jéssica Mendonça, 23 anos, participou da formação. Ela vai trabalhar como voluntária na equipe de acolhida dos peregrinos que ficarão hospedados na Região de Santana. "Eu achei muito proveitosa a reunião. Esclareceu bastante dúvida. sendo um desafio muito gostoso,  mas a gente mais ansioso que os peregrinos. Aquela ansiedade boa”, conta. 

 

 


 
Página Inicial